/widgets.js">

5 Efeitos da Programação no Cérebro

cerebro

Você já ouviu falar de programação? É aquele negócio onde a gente pega algumas ideias e transforma em um montão de palavras malucas e, no final, temos um aplicativo que faz o que a gente quiser!

Você deve conhecer, até porque existem alguns bem populares com alguns milhões de downloads (pode fazer as contas do faturamento, o resultado é bem interessante! hehe).

E, se esse aplicativo faz o que outras pessoas querem também, em pouco tempo ele pode estar na AppleStore ou na PlayStore sendo vendido por um dólar — ou mais.

Agora, você sabia que além de ser possível criar coisas, a programação tem vários efeitos super positivos no cérebro?

Muita gente acredita que tarefas produtivas precisam ser chatas e maçantes. Há um pouco de verdade nisso. Muitas vezes trabalhar e estudar pode ser bem entediante e ficamos até ansiosos para acabar logo e fazer outra coisa mais divertida.

Mas, felizmente, com programação é o oposto! Mesmo sendo muito produtiva, é uma tarefa extremamente divertida, dentre vários outros benefícios importantes para qualquer pessoa.

Algumas pessoas — como eu, por exemplo — utilizam a programação para aliviar um pouco do stress da nossa vida corrida. É muito bom pegar uma caneca de café e passar algumas horas em frente ao computador criando algo incrível.

Quer saber alguns dos outros motivos pelos quais eu e outras milhões de pessoas ao redor do mundo amamos programar? Aí vão alguns!

Aprimora nosso lado lógico

quadro-matematica

Com a prática da programação, exercitamos muito nossas habilidades analíticas, lógicas e de solucionar problemas.

Se você já jogou The Sims, deve se lembrar de quando seu personagem ficava jogando xadrez ou lendo livros para aumentar sua habilidade de lógica.

Programar contribui para a mesma coisa! Você vai tendo cada vez mais facilidade em lidar questões de lógica e solucionar problemas.

Outro benefício é que as provas de matemática e física no colégio ficarão muito mais fáceis. Bacana, né?

 

Melhora nossa comunicação e compreensão

programadores-reuniao

Todo professor precisa saber o que está ensinando, não é mesmo? E se ele não possui domínio da matéria, os alunos não entenderão nada.

Compreensão, domínio de conteúdo e comunicação são habilidades fundamentais para qualquer professor.

E também de qualquer programador. Sabe por quê? Porque um programador é um professor de computadores.

Você dá instruções para o seu aluno — o computador — de uma forma bem básica e objetiva. Ele não é uma pessoa que irá se adaptar à erros, portanto irá te forçar a entender bem os conceitos que está “ensinando” ao computador.

Isso faz com que você aprimore sua habilidade de se comunicar com o mundo externo, pois você estará comunicando com uma “algo” muito burro.

Além disso, também te obriga a entender melhor os seus conceitos, pois programar é como ensinar alguém a resolver um problema, passo a passo.

 

Incorpora soluções na sua mente

Quando você faz um programa para solucionar um problema, é necessário que você o entenda muito bem antes de criar a solução.

Uma vez que você codifica o problema, você tem um entendimento completo dele, e a solução ficará na sua cabeça.

Ela pode ser útil para resolver vários outros tipos de problema, tanto de computação como também em outras áreas da sua vida.

Aprendemos novas formas de pensar que podem nos ser úteis à qualquer momento.

 

É divertido

Você gosta de quebra cabeças? Enigmas?

Muito provavelmente você já jogou aqueles jogos onde você precisa desvendar um mistério para sair de uma sala trancada, né?

Desafios e quebra cabeças são divertidos. Se há alguma coisa que está te deixando com uma pulga atrás da orelha, saber programar pode ser bastante útil.

Resolver problemas e ver suas soluções é bem divertido. Você nunca vai saber quão gratificante é passar um tempo quebrando a cabeça e no final conseguir resolver um problema até você fazer isso pela primeira vez.

Dá vontade de sair contando para todo mundo sobre como você construiu, da sua cabeça, um algoritmo.

E a melhor parte é que todo mundo provavelmente vai ficar muito impressionado, pois quem não programa enxerga os programadores como verdadeiros gênios.

 

É um exercício para o cérebro

ideia-programador

Diferente de coisas materiais, cujo valor se deteriora com o tempo, o poder do nosso cérebro só aumenta com o uso – assim como nossos músculos ficam tonificados com os exercícios na academia, nosso cérebro também precisa de exercício para se “tonificar”.

E programar é um ótimo exercício para o cérebro.

Você aprimora seu raciocínio, cria novas conexões entre os neurônios e fortalece as já existentes.

Resolver problemas realmente afia sua mente, e é por isso que eu sempre digo que programar nos deixa mais inteligentes!

 

Carreira

homem-sucesso-programador

Por último, mas certamente um dos mais empolgantes.

Você programa, então você começa a programar cada vez melhor. Então você começa a gostar e programa cada vez mais.

Seu cérebro se aprimora, você arruma um hobby divertido e, quando menos espera, as oportunidades começam a aparecer.

Existem inúmeros de trabalhos com salários altíssimos. Na verdade, existem muito mais vagas do que programadores qualificados para preenchê-las, sabia?

Isso significa que ser um bom programador é praticamente uma garantia de um bom emprego e, consequentemente, uma carreira promissora!

Se você tem vontade de morar fora do país umdia, boas notícias: vários países — como o Canadá, por exemplo — contratam muitos programadores brasileiros.

Os salários são ótimos e eles fornecem vários tipos de auxílios, como custear a faculdade para parentes próximos, dependendo do caso!

 

Mas como aprender a programar?

Bebe programando

Muitos efeitos positivos no cérebro, né?

Mas, como aproveitar todos eles? Como de fato começar a programar?

Muitas pessoas ainda veem a programação como um bicho de sete cabeças, mas isso não passa de um mito. Qualquer pessoa pode aprender a programar, basta ter vontade e buscar conhecimento nos lugares certos.

Você pode aprender a programar com qualquer idade, mas se você tem entre 8 e 18 anos, eu tenho uma ótima notícia para você!

A Fábrica de Gênios está lançando um curso de programação voltado para crianças e jovens— mas pode ser feito por qualquer idade, viu?

Pais e professores são muito bem-vindos para aprender também! Ou até mesmo se você não se encaixa nas descrições anteriores, mas quer aprender a programar de maneira fácil, divertida e rápida 😉

Se você sempre quis aprender a programar ou deseja investir na carreira do seu filho, você não tem mais desculpas! Saiba mais sobre nosso curso de programação para crianças, jovens e adultos! Te garanto que não irá se arrepender.

 

Até mais e keep coding!

 

criança pode ter sucesso com curso de programação

Já leu nosso eBook ensinando como seu filho pode aproveitar todo o potencial da Internet a seu favor? Corra e aproveite, é 100% grátis!

Compartilhe este post »