/widgets.js">

Você tem um filho adolescente? Então você PRECISA dessas 3 dicas de especialistas

calça-all-star

Ser um pai/mãe é um trabalho onde você não é promovido, não é despedido e simplesmente não pode se demitir.

Não importa quão velho é seu filho ou sua filha, eles sempre serão suas crianças.

E se ter um filho pequeno já é difícil, ter um filho adolescente é ainda mais trabalhoso.

A fase mais importante?

Se você tem um filho pré-adolescente ou adolescente, você sabe como essa é uma fase delicada. É a fase que irá definir o futuro e a personalidade dos seus filhos.

Ele está começando a explorar o mundo adulto. Está começando a conhecer o mundo como ele é.

Infelizmente, muitas pessoas têm vários problemas ao longo da vida porque tinham um relacionamento ruim com os pais na adolescência.

Então, separamos pra você 3 dicas de especialistas para lidar melhor com seu filho adolescente. Meus pais seguiram essas dicas e eu vi como isso fez toda a diferença na minha vida.

Hoje temos um relacionamento ótimo e devo a eles tudo que sou e tudo que conquistei.

Tenho certeza que essas dicas vão fazer muito bem para o seu relacionamento com seus filhos.

“Jovens sempre têm o mesmo problema — querem se rebelar e se conformar ao mesmo tempo. Eles agora resolveram esse problema desafiando os pais e copiando uns aos outros”

— Quentin Crisp, escritor e ator Inglês

 

Seja mente aberta

pai-filho-bicicleta

Um dos maiores problemas dos pais hoje em dia é que eles não têm a mente aberta. E essa é uma qualidade especialmente necessária nessa geração, pois as crianças são muito diferentes das crianças de 10 anos atrás.

A forma “tradicional” de lidar nem sempre vai adiantar (e você já deve ter percebido isso).

Mas isso não significa que você tem que mudar tudo, só que algumas coisas devem ser atualizadas.

Crianças e adolescentes da Geração Z são sedentos por liberdade. São mais teimosos e independentes. Eles simplesmente amadureceram rápido demais e querem ser adultos o quanto antes.

Então, ter uma mente aberta irá melhorar muito sua relação com eles.

Se te pedirem permissão para algo, não diga “não” imediatamente.

Converse sobre as possibilidades, argumente e cheguem juntos em uma conclusão.

Se eles souberem que você sempre irá negar quando pedirem algo, eles vão parar de te pedir permissão. E isso leva a filhos fazendo coisas escondidas dos pais.

Não queremos isso, né?

Trate-os como adolescentes

Se seu filho tem mais de 12 anos, você precisa aceitar que ele não é mais uma criancinha.

Um erro muito comum dos pais é tratar seus filhos adolescentes como se fossem crianças pequenas.

Isso é algo que todo adolescente odeia.

Como um pai ou mãe, você deve entender que seu filho adolescente tem um estilo de vida diferente de quando ele era criança.

Principalmente porque o cérebro do adolescente é um dos estágios mais confusos do desenvolvimento humano.

Hormônios, pêlos, mudanças no corpo, na voz…

Por incrível que pareça, essa pode ser a fase que seu filho mais precisa de você. Eles precisam de ajuda pois ainda não estão completamente desenvolvidos na arte de tomar decisões, lidar com impulsos e pensar racionalmente.

Eles vão cometer muitos erros. Mas precisam de você para apontar o caminho correto e mostrar que cometer erros é normal.

Mostre para eles que está tudo bem e você está junto com eles em cada passo da caminhada de suas vidas.

O que você não deve fazer de jeito nenhum é ferir a auto estima dos seus filhos. Isso irá afetá-los e trazer consequências terríveis para o resto da vida — para a sua e para a deles.

Ajude-os e mostre que eles têm alguém em quem confiar. Isso faz TODA a diferença.

 

Tenha uma comunicação eficiente

Essa é a característica mais importante de uma relação pai (ou mãe) e filho(a). Na verdade, de qualquer tipo de relacionamento.

As duas dicas acima só serão possíveis de colocar em prática se vocês tiverem uma comunicação eficaz.

Lembre-se de que o ideal é começar em um estágio mais cedo da vida deles, pois adolescentes são um pouquinho mais difíceis de lidar. E caso vocês tenham construído uma relação com distanciamento, será ainda mais difícil.

Mas, mesmo sendo difícil, é algo extremamente necessário.

Tenha certeza de que você e seu filho estão na mesma página em tudo. Desde as regras dentro de casa até as responsabilidades fora dela.

É algo que pode ser muito difícil, mas não existe jeito perfeito de fazer. Você precisa continuar forte e acreditar no seu pequeno adolescente!


Essas são as dicas que separei para você, direto de estudiosos na arte de ser pai e mãe.

Escolhi elas pois hoje percebo que fizeram toda a diferença na minha vida e na vida da minha família.

Meus pais sempre foram muito comunicativos comigo, me dizendo o que eu podia e não podia fazer e me explicando os motivos.

Não adianta só proibir: seu filho precisa entender os motivos. Caso contrário, ele pode ignorar sua proibição e fazer o que acredita ser certo.

 

O que você achou das dicas? Já seguia alguma? Deixe seu comentário aí embaixo!

 

criança pode ter sucesso com curso de programação

Já leu nosso eBook ensinando como seu filho pode aproveitar todo o potencial da Internet a seu favor? Corra e aproveite, é 100% grátis!

Compartilhe este post »